Andam a Inpinjir-nos Salazar !

Já enjoa tanta promoção a Salazar.
Em tempos promoviam na televisão um livro sobre os amores de Salazar, depois foi a série televisiva ( em que o salazar era o actor Diogo Morgado), agora que estamos a 3 dias do 25 de Abril andam na televisão a promover fascículos "os Dias de Salazar", mas que rebaldaria é esta?
Só falta começarem a vender tshirts do salazar!!!!!
Basta.
Parece que andam a programar as pessoas para desejar uma ditadura, ou para sentirem saudades do Salazar

8 comentários:

Sergio Antunes disse...

Eu não vivi no tempo de Salazar. Mas neste momento preferia viver porque não haveria a tal rebaldaria que há hoje em dia, como os assaltos, os escandalos financeiros, etc...
Como eu não me meto em politica e nem faço juizos de valor deste ou aquele politico, não teria problemas em viver naquela ditadura.

Abraço

João Abreu disse...

de facto ... as pessoas aqui na minha terra já sentem a falta dele ... quando vou a rua ouço muitas vezes: "Nós precisávamos era de um novo Salazar" e são pessoas que viveram no tempo dele e sabem o que ele fez ou deixou de fazer.
Enfim ... não sei exactamente o que pretendem, mas o que sei é que os muitos que odiavam Salazar estão agora a dizer que "precisava-mos dele".

Na minha humilde opinião não precisamos dele para nada.

Silverboy disse...

Boas Sílvio,

Sinceramente considero Salazar o político mais honesto que Portugal conheceu nos seus últimos 100 anos, ditador, opressor, como lhe queiram chamar, mas toda a rebaldaria que agora se vive no nosso país é fruto do 25 de Abril.Desde que a esquerda assumiu o poder que é a vergonha que se vê(o PSD também é esquerda, muitos deputados do PS/PSD eram extremistas de esquerda quando se deu o 25 de Abril).
A economia nunca cresceu tanto em Portugal, como nos tempos de Salazar, óbvio que houve muita pobreza, até porque Salazar assumiu a pasta das finanças com uma dívida enorme nas suas mãos e em ano e meio conseguiu colocar as finanças portuguesas com saldo positivo e acima de tudo, nasceu e morreu pobre, nem beneficiou familiares nem amigos.
Precisa-se de um novo Salazar como ministro das finanças, não um Salazar do Minho a Timor, da censura da imprensa ou da perseguição política, precisa-se sim de um Salazar que coloque um ponto final nesta corja política toda e que acabe com a crise de uma vez por todas(que já vem muito antes da crise mundial).

R.O disse...

Oi Silverboy, oiço muitas pessoas com essa teoria, sei que agora está pior ( a nível de corrupção política, criminalidade, etc.).
mas antigamente era uma falta de liberdade, pessoas torturadas pela PIDE, etc.
Não vivi nessa época, nasci uns 2 ou 3 aninhos depois..
Mas os meus avós e meus Pais ,, e outros familiares meus contam-me coisas.
Ainda os vizinhos me contam coisas dessa época.

Se hoje tivéssemos um salazar, talvez houvesse menos criminalidade, menos corrupção, até teríamos fronteiras fechadas ( não haveria espaço europeu )..
Mas por outro lado, não teríamos internet para comunicar com pessoas doutros países , nem acesso a informação livre.
Se saíssemos em grupo ou falassemos mal do governo, éramos logo presos, etc.

R.O disse...

o PSD é esquerda só se for no "papel", eles mentem, eles seguem todas as acções da direita.. Eles beneficiam a classe rica e roubam a classe média e pobre.
tal como o vaticano diz seguir "deus", mas tem atitudes duvidosas... de igual forma o PSD dizer que é de "esquerda" é duvidoso :-)

os políticos são de quem pagar mais..


salazar foi pobre? Isso não sei, só se eu visse provas documentais disso.
Fidel castro, também se dizia que vivia como pobre, porém ele tem muito dinheiro em várias contas bancárias..

também se diz que Bin laden vivia como um pobre (vivendo em cavernas nas montanhas, escondido, com roupas simples, deslocando-se numa carrinha pickup), porém ele tinha milhões de dólares nas contas bancárias :-)

R.O disse...

Nós precisávamos era de um Terminator ou de um "Punisher" :-)

Anónimo disse...

O S. era um politico tão mau como eram maus e abusivos os pais de familia naquela época.
Os politicos são sempre decalcados do chefe da familia.
De resto é obvio que já nos têm ido programando para ditadura.

Anónimo disse...

Boa noite a todos. Quem diz que Portugal precisava dum novo Salazar, não sabe nada do que fala. O novo salazar já o temos, Sócrates, e é o que é. No tempo da ditadura havia assaltos e outros tipos de criminalidade mas, não só não havia tanto para roubar, como eram, alguns, abafados. Meus senhores, os bilderbergs, e todo o tipo de maçons é que controlam isto tudo. Se há alguma coisa que pode fazer a diferença, é o PCP. É com um bocado de extremismo para depois irmos no caminho certo. Antes de comentarem, informem-se primeiro.

 


Realidade Oculta -