Reportagem na Sic, Domingo

Vejam o telejornal da Sic, neste Domingo. Depois irá passar uma reportagem em que eles mostram cenas do Iraque, muitas crianças que têm nascido com anomalias genéticas, devido às bombas que os americanos nojentos andam a deitar por lá.
Urânio empobrecido, por exemplo.

7 comentários:

Anónimo disse...

Até acho estranho ser a sic fazer reportagens destas, tipo, denunciar. Trás agua no bico!
SIC»PINTO "BALSAMO"» bilderberg

O sr balsamo é a ponte entre os ricos portugueses e o clube fascizoide. É ele quem convida em Portugal.

paz
hugov

Anónimo disse...

Sei que nao tem a ver com o assunto mas, ao ver o site oficial do filme "202" descobri uma coisa que considero importante e que esta relacionada com o seu lançamento
O filme sera lançado no dia 11/13/09

Os numeros 11 e 13 sao assinaturas illuminati tal como o 33 mas onde surge o 33?
11+13+9 = 33

Nao sei se isto significa alguma coisa mas a historia ensinou-nos que existem muito poucas coincidencias...

R.O disse...

sim o Balsemão é Bilderberg, mas por vezes a televisão pôe essas reportagens para fingir que é livre, ou então deixam tudo como sendo hipóteses e não factos, etc..

.......

caro amigo, é filme "2012"?

o ano 2009 não se diz somente 09 em numerologia, a forma mais certa é ler o dois também, fica 2+9, e o onze(11) também tem que se dividir = 1+1.

Anónimo disse...

Sim silvio exactamente e 2012 peço desculpa por me ter enganado :P

Anónimo disse...

Buda define a sabedoria como a capacidade de viver à luz de sua própria consciência, e a tolice como a insistência em seguir os outros, imitar os outros, tornar-se uma sombra de alguém.

O verdadeiro mestre cria mestres, e não seguidores. O verdadeiro mestre o devolve de volta a si mesmo. Seu empenho consiste precisamente em torná-lo independente dele, pois há séculos você tem sido dependente, o que não o levou a lugar nenhum. Continua a tropeçar na escura noite da alma.

Somente sua luz interior pode tornar-se o alvorecer. O falso mestre o convence a segui-lo, a imitá-lo, a ser apenas uma cópia carbono dele. O verdadeiro mestre não permite que você se torne uma cópia carbono, quer que você seja o original. Ele o ama! Como poderia levá-lo a ser uma imitação? Ele tem compaixão por você, gostaria que você fosse absolutamente livre - livre de qualquer dependência externa.

Mas o ser humano comum não quer ser livre. Quer ser dependente. Quer ser guiado por alguém. Por que? Porque assim pode jogar a responsabilidade nos ombros de outra pessoa. E, quanto mais alguém joga a responsabilidade nos ombros de outros, menor será a possibilidade de se tornar inteligente um dia. É a responsabilidade, o desafio da responsabilidade, que gera sabedoria.

Temos que aceitar a vida com todos os seus problemas. Precisamos enfrentar a vida desprotegidos; cada um deve buscar seu próprio caminho. A vida é uma oportunidade, um desafio para que nos encontremos. Mas o tolo não quer seguir o caminho mais difícil, o tolo escolhe o atalho. Pensa com seus botões: "Buda já alcançou, por que eu haveria de me preocupar? Posso observar seu comportamento e imitá-lo. Jesus já alcançou, por que haveria eu de continuar buscando? Posso simplesmente tornar-me uma sombra de Jesus. Posso simplesmente continuar a segui-lo hoje aonde quer que ele vá".

Mas como é que, seguindo alguém, você poderá desenvolver sua própria inteligência? Desse modo, não estará dando à sua inteligência qualquer oportunidade de explodir. É necessária uma vida de desafios para que a inteligência se manifeste, uma vida aventurosa, uma vida capaz de arriscar e explorar o desconhecido. Só a inteligência pode salvá-lo, ninguém mais - a sua própria inteligência, naturalmente. A sua própria consciência é que se pode tornar o seu nirvana.

R.O disse...

Buda e todos os iluminados que passaram pela Terra não nasceram iluminados.

Eles adquiriram sabedoria durante a sua vivência, obviamente tiveram que adquirir conhecimentos de algum modo, a maioria das vezes eles têm que seguir algum mestre que os ensine.

Ou então lêem livros, e colocam em prática o que aprenderam (somente a prática pode servir para evoluirmos).

Portanto seguir alguém, por vezes é uma forma de assimilar conhecimentos, mas também de ensinar..

Por vezes discípulos ensinam os mestres também,
«Ninguém é grande demais para aprender, nem pequeno demais para ensinar»

O verdadeiro mestre é aquele que forma outros novos mestres, é verdade, o discípulo evolui e torna-se mestre um dia, torna-se livre, não fica dependente de outros mestres.

Por isso as religiões e seitas são perigosas, porque a pessoa fica presa ao guru/padre/orador.
As pessoas que vão à igreja, ou que vão ao Vaticano escutar os sermões do Papa, na verdade estão dependentes daquele guru/orador, só se sentem bem a escutar esses sermões/missas.

Não alcançaram luz própria interior

R.O disse...

Por exemplo em «Matrix», Neo tornou-se um iluminado, mas ele teve que aprender com alguém, ele aprendeu com Morpheus.

Na vida todos nós, conhecemos varias pessoas e aprendemos com elas.
Com os pais, irmãos, amigos(as), namorados(as) , por vezes uma palavra ou conselho é um ensinamento.
Por vezes as más experiências e momentos difíceis da vida também nos ensinam algo

 


Realidade Oculta -