Sócrates o censurador

Sócrates é uma pessoa perigosa, mas a maioria dos portugueses deixa-se iludir por aquele ar simpático e inofensivo dele.
Os gato fedorento ( que na minha opinião já nem são humoristas, são rapazolas que se deixaram fascinar pela política), entrevistaram o sócrates e outros políticos no programa novo.
Reparei que já não são muito imparciais nem atacam os políticos, agora preferem entrevistar os políticos com um sorriso estampado na cara..

O Sócrates fez pressões para a TVI e a Manuela Moura Guedes saiu do telejornal.
O Sócrates já processou autores de blogs.
O Sócrates recentemente mandou alguém telefonar para a Sic Radical e acabaram com o programa «Vai Tudo abaixo» daqueles actores que andavam pela rua com um megafone a criticar os políticos (esses eram bons, não tinham papas na língua e diziam as verdades todas), agora o sócrates acabou com esse programa.
Sócrates é ainda suspeito de mandar colocar escutas telefónicas no palácio de Belém, mas o amiguinho Cavaco nunca se pronuncia sobre isso.

Digam lá, ainda acham Sócrates inofensivo?

Se ele se recusou a ir a algumas entrevistas de certos canais, porque será que aceitou ir ao programa dos gato Fedorento? ( certamente porque eles nunca iriam dizer nada que não agradasse ao sócrates), ah e ao contrário do que alguns pensam : A entrevista nunca foi em directo, foi gravada (o que dá a possibilidade de cortar partes e editar para posteriormente passar na tv apenas o que for de agrado ao entrevistado).
E ele quando vai a entrevistas já sabe com antecedência que tipo de perguntas lhe farão.

9 comentários:

Tecido Humano disse...

os homens da luta (vai tudo abaixo) não são o que pensas... ja os vi ao vivo e acredita que é tudo marketing... afinal falar mal da politica dá dinheiro, eles tão-se nas tintas para os ideais

Peregrino disse...

não muito diferente de alguns políticos no Brasil. Mas pelo jeito este está longe de ser o mesmo filosófo...rsrs (Pensei que fosse)
Aqui ando-se discutindo sobre a autonomia dos blogs, muita gente insatisfetia, inclusive com meu blog, essa gente tem claras temndêmncias tirânicas...

The Truth disse...

espero ver esse tipo fora da próxima administração. mete-me nojo. tou completamente farto dele.

Anónimo disse...

Certo. O Sócrates é um lambe botas das gentes que mandam neste planeta. Logo é intocável! Se ele perder as eleições, acabam-se as suas defesas, pois já não interessa. Portugal de certo modo tem algum interesse para os manda chuvas deste mundo, não sei qual mas tem. Talvez geograficamente e pela sua história. Agora, ele tem de facto uma espécie de autoritarismo obsessivo, parece aqueles pais que têm medo que seu filhos se sobreponham a eles_oh papá não tenha medo, eu não te faço mal_ não aceita a vida tal qual ela é, um fascista medíocre, é que nem chega a ser um Salazar, é um pintelho do Salazar.
Outra coisa, é eles preocuparem-se muito com a liberdade de expressão do povo, por exemplo neste mundo da Net…invés de andarem atrás dos nossos melhores comediantes (ex: homens da Luta), deviam andar era a limpar a Net de sites criminosos (pedofilia), que ao que parece, segundo meios de comunicação social, são cada vez mais. Como é possível!
Isto leva-me aquele senhor que não só é um abusador de menores, como no fim ainda pede 100.000€ ao estado de indemnização, por ter estado de saco. E tudo vai sereno!
Quanto aos GF, epá já há muito que eu tinha observado esse fenómeno. Parece que eles atacam, mas não atacam ninguém, eles até apoiam…enquanto chover €€€, tudo vai sereno. A diferença entre HL e GF é evidente, é que o Vai tudo abaixo ou Homens da luta, são de certo modo o povo a falar, já os GatoF são uns meninos de coro, que não sabem o que é a vida real. Talvez um ou outro deles saiba alguma coisa, mas o resto, é fácil demais olhar para a nossa política e fazer piadas. A política portuguesa já é uma piada!
É ridículo este corrupio de dirigentes políticos a quererem aparecer nos GF.
Saúdo o Sr. Jerónimo de Sousa, por se ter poupado a esse absurdo.

Paz e Saude
Hugo V.

Anónimo disse...

pensei que voces nada tinham a ver com partidos. Afinal enganei-me. se o Sócrates é assim tão bera, quêm não o é, isto em termos politicos, claro. Será que para voces aquela máfia que sacou milhares de milhões do BPN e afins, é que são os bons?

Anónimo disse...

O Obama passou os seus poderes para a FEMA???

http://www.whitehouse.gov/the_press_office/Presidential-Proclamation-National-Preparedness-Month/

http://revelatti.blogspot.com/2009/09/obama-anuncia-em-comunicado-oficial.html

Migas disse...

O grande silêncio

As duas grandes superfícies políticas parecem ter um Estado-Maior conjunto cuja missão é convencer os portugueses da inevitabilidade fatal de eleger um deles. Nestas eleições, até aqui, tudo se está a passar como se PS e PSD tivessem feito um pacto formal de não trazer à discussão pública questões do carácter de quem nos governa, tem governado e quer governar. É um contrato simples: se o PS não falar do BPN, o PSD não fala do Freeport. Se o PSD não falar de Lopes da Mota, o PS não fala de António Preto. Num país onde a justiça é o mais desacreditado e ineficaz sector do Estado, Manuela Ferreira Leite escuda-se num suposto código de valores judiciais que a obriga a não falar de casos em investigação ou entregues aos tribunais. Esta matriz inflexível de conduta, repetida como uma litania contra o quebranto, tem tido o efeito de escamotear do debate público os mais graves episódios da história da democracia em Portugal. Com esta atitude pactuante, Manuela Ferreira Leite passou ela a ser, também, parte da "asfixia democrática" que diagnosticou no regime de Sócrates. Uma asfixia que está a conseguir sufocar em poucos dias o gritante acto de censura socialista na TVI, porque é impossível falar de Manuela Moura Guedes e do seu defunto Jornal Nacional sem falar de Freeport e de Sócrates. Isso faria despoletar imediatamente uma série infindável de represálias socialistas que começariam no indiciado António Preto e acabariam no arguido Dias Loureiro com todas as histórias mal contadas sobre a Sociedade Lusa de Negócios e os financiamentos partidários. Provavelmente o PSD de Manuela Ferreira Leite encontra justificação para este pacto de silêncios no insuportável tacticismo articulado por Paulo Rangel quando disse que a ética e a política eram compartimentos estanques na vida pública. Tudo somado, no actual PSD, encontra-se uma estranha e perturbante continuidade entre a tese da necessidade de suspensão temporária da democracia que Manuela Ferreira Leite articulou (lapsus liguae ou ameaça?) e a busca de justificações para o comportamento presente na doutrina de Nicolau Maquiavel que Rangel claramente fez na Universidade do PSD. É altura de formular a eterna questão: - Será sensato comprar um carro em segunda mão a esta gente? Por outras palavras: - É este partido a alternativa? Só pode haver uma resposta lúcida. - Nem mais nem menos do que a gente do Freeport e da TVI. Tudo se está a passar como se as duas grandes superfícies políticas tivessem um Estado-Maior conjunto cuja missão fosse convencer os portugueses da inevitabilidade fatal de eleger um deles. E não tem que ser necessariamente assim. Há ética para além do que Maquiavel diz, mais liberdade do que o politicamente correcto martelado à custa de censura e mais possibilidades do que escolher o voto meramente entre BPN e Freeport. A coligação de interesses do Bloco Central já nos fez chegar à grande crise mundial com desvios nos indicadores de desenvolvimento que prenunciam um futuro sombrio. Portugal precisa de revolucionar as escolhas políticas. Não é a votar repetida e clubisticamente que nos assumimos como povo e como Estado. Juntos, PS e PSD, estão a asfixiar o que nos resta de democracia e parece que já nem notamos que nos está a faltar o ar.

RAG disse...

Cidadão Kane, foi um filme famoso, épico do cinema, aonde o seu principal protagonista, começava o filme, morto. O filme todo apresentava as coisas boas e ruins, os eventos, as intrigas daquele cidadão que havia morrido, que era um importante "senhor feudal" da mídia.

"Muito além do cidadão Kane", foi um documentário feito pela BBC de Londres em 1990 - Mais especificamente, pelo famoso canal 4 (o mesmo inventor de Big Brother).

Este documentário, tem 1hora e 30, é censurado no Brasil por todas as emissoras e mídia em geral, por apresentar todo o lado negro e desconhecido da mídia brasileira.

Mesmo a rede Record, obteve autorização das outras emissoras para exibir no máximo 5 minutos, e somente pequenos trechos que não desabonassem a outras emissoras (apenas a Globo) e desabonasse à si mesma.

Ditadores, presidente Jucelino, ações dos americanos contra os esquerdistas na América Latina incluiam apoio financeiro à ditadura e investimento na mídia (operação gládio), João Gullart, o investimento de comunistas e manifestos de artistas esquerdistas na Record (e a criação do Commando Vermelho) que levaram ao fechamento temporário da Record(até oum retorno triunfal com Edir Macedo, para lavar o dinheiro da Igreja Universal).

A briga entre editora Abril e editoras Bloch pela concessão (que se tornou a Manchete).

O endividamento da TV Tupi, e amorte misteirosa do dono, e posterior compra pela Globo (estrutura aonde está a atual MTV Brasil).

A cocessão da Bandeirantes à famíila Saad, que lidereva não só a máfia árabe do mercado negro de Rio-São Paulo, mas também o mercado negro na fronteira do Brasil com o Paraguai.

A concessão do SBT à Silvio Santos, que se afastou da Globo e enriqueceu com jogos de azar, que eram constitucionalmente proibidos, como o Jogo do Bicho (que embora seja proibido, até hoje continua, por que os coroneis das polícias recebem uma procentagem do lucro)

A morte de Tancredo Neves, o envolvimento de Antonio Carlos Magalhães (ACM) com concessões da Rede Globo no Nordeste/Sudeste/Centro-Oeste do Brasil, e a ajuda e envolvimento do ex-presidente Sarney que distribuiu inumeras concesões de TV para seus "amigos".

O casamento do futuro presidente Collor com uma das filhas do clã "Marinho", a aparticipação da Globo em esquemas para fraudar eleições presidenciais e estaduais, pesquisas eleitorais falsas, o conteúdo alienante e de falso otimismo para a população, manipulação da mídia, manipulação de informação, documentários que nunca foram ao ar, etc....

Assistindo esse vídeo, posso dizer que aprendi mais sobre história do Brasil, do que todos os anos que fui ao colégio. E o pior, que o documentário é de 1990!

http://video.google.com/videoplay?docid=-570340003958234038#

Imagine se formos falar dos rolos mais atuais, da Record e a lavagem de dinheiro do Edir Macedo!

Da falida Manchete que virou na Rede TV e o calote do casal da Igreja Renascer (igreja do jogador Kaká) que "compraram, mas não pagaram" e Silas Malafaia da Assembléia de Deus que pediu dinheiro para os fieis para comprar a Rede TV para a Assembléia de Deus, e após o calote da Igreja Renascer, ele pegou o dinheiro abriu ele a Editora Central Gospel, que até hoje vende quinquilharias ao crentes.

R.O disse...

Oh Tecido Humano, a maioria de humoristas pode nem levar a sério o que dizem, mas ao menos esses “Homens da luta” fazem o povo pensar… Ao passo que certos humoristas falam de coisas mais vagas…superficiais etc..

E se o programa acabou devido a pressões políticas, alguma coisa disseram que não agradou ao 1ºMinistro.

,,

Cada vez mais surgem anónimos a escrever coisas estúpidas, realmente!

Só porque critiquei o Sócrates, defendo os gajos do PBN? Que estupidez é essa?

Em primeiro lugar: já escrevi diversos posts a criticar os Bancos que lucram milhões, e critiquei o BPP E BPN, veja no link “dinheiro”.

Em segundo lugar: Criticar o 1º Ministro, não é defender o BPN, nem puxei o tema do Banco naquele post !

Em terceiro lugar: Não defendo mafiosos.
Foi bastante idiota o seu comment, e sem fundamento.
E para tua informação, quem é o 1º Ministro de Portugal? É Sócrates, o governo dele está no poder, porque é que injectou dinheiro no BPN e não penalizou os culpados?
Porque é que Cavaco Silva tem acções nesses Bancos? Pensa.

,,

 


Realidade Oculta -