E.U.A insistem em censurar a Net

Os Estados Unidos querem que a Europa filtre conteúdos na internet, colocaram essa proposta numa reunião no México e a Acta será discutida na Nova Zelândia em breve... Tudo para poderem "defender" os "direitos de autor", pois pois!..
Link AQUI

11 comentários:

Stefano disse...

Este notícia ser uma BIG mentira!!! Calunias created por Cuba,China e Iran para denegrir o imagem das Estadouzunidous!!!

(ironic mode)

bluesharklima disse...

Nós é que devíamos censurar a elite da treta e fazer shift delete.

Anónimo disse...

é verdade que querem acabar com a internet , tipo porem como a tv , por pacotes.. se for é o fim da internet.

bigkax disse...

Não sei se tem conhecimento do caso que se passou na América em que os administradores de uma escola vigiavam os estudantes atreves da webcam dos portáteis oferecidos. Inclusive um aluno foi disciplinado por "comportamento impróprio em sua casa".
Já me perguntei se os e-escolas e e-escolinhas não tem alguma "matreira" também.
http://aeiou.exameinformatica.pt/escola-vigia-alunos-em-casa-via-webcam=f1005093

Anónimo disse...

Olá Silvio

A maneira mais simples de cobrarem os direitos de autor, seria de retirar uma parte dos lucros feitos nos download de ficheiros, pelos operadores, porque eles sabem quem faz o quê. A internet, com os decargamento de ficheiro de qualquer tipo que seja, é que fazem a fortuna dos motores de busca e companhia. Todos ficam a ganhar menos as casas de edição?????

Cumprimentos

Jorge

Um amigo disse...

Silvio ve o filme "O homem demolidor"( demolition man ).
Ontem por mero acaso comecei a ver no hollywood até que me deparei com mensagens sublimares tão visiveis que chegava ao ridiculo. Ao mesmo tempo que falavam pensei que estavam a gozar comigo.
Fala de um terramoto em 2010, de chips implantados na pele por questoes de "segurança". Quem nao aceitou o sistema foi relegado aos esgotos e sao chamados de restos/ lixo.
Fala dos iluminatis...
Mas de uma forma mesmo sublimar e até comica.
Ve POR FAVOR!
So mais um pormenor o filme saiu em 1993 ...

Um amigo disse...

Uma coisa de que me esqueci de mencionar...
No filme que foi ralizado em 1993 lenina huxley ( sandra bulok) diz que arnold swaznegger foi presidente isto num hipotetico futuro em 2032.

bigkax disse...

Jorge
O que disse não tem qualquer fundamento, em primeiro lugar os ficheiros não passam de uma vez pela rede, pensa nisso como numa mudança de casa, empacotas as coisa e e mandas as uma de cada vez pelos correios, agora imagina os correios a descobrir o que é a tua casa, em P2P é muito pior, imagina fazer a mudança de dezenas de casas para uma, e lembra-te que na Internet os ficheiro são transmitidos em código binário não são facilmete identificados como um garfo ou faca e do tipo 010101010101100100110001010101 e em ordem aleatória.
Outra coisa os motores de busca ganham dinheiro com publicidade, quem pode ganhar com isso são blogues que disponibilizam links para os ficheiros e ganham dinheiro de publicidade e assim.

bigkax disse...

Um amigo
Pensei exactamente no mesmo, é como um pressagio.

Anónimo disse...

[b]Um amigo[b]
Eu já vi esse filme!
Isso é muito estranho mesmo.
Quem for contra o sistema vive em um submundo,pode ser engano meu, mas no filme para sobreviver, ele comem ratos.

Anónimo disse...

O OLHO QUE TUDO VÊ...

" Chile: Google cria sistema para encontrar pessoas


O Google disponibilizou um sistema para localizar pessoas após o terramoto de magnitude 8,8, que atingiu o Chile no passado sábado e matou pelo menos 711 pessoas.
O sistema está disponível em espanhol e inglês, e é chamado «Buscador de Personas: Terremoto en Chile» ou «Person Finder: Chile Earthquake».

Com actualmente cerca de 36.900 pessoas registadas, o interface é bastante simples, no estilo tradicional do motor de busca.

Na página de entrada, há duas opções: procurar alguma pessoa ou deixar informações sobre ela.

Os principais dados disponibilizados são: além do nome e sobrenome, se alguém recebeu informação de que a pessoa está viva, se está em contacto com alguém e qual foi a sua última localização conhecida.

O Google enfatiza o carácter colaborativo do serviço e declara que não irá verificar a veracidade das informações."

O CAVALEIRO DO ASFALTO

 


Realidade Oculta -