Voltem a apertar o cinto...

O ESTADO demoníaco, quer que o povo aperte mais o cinto (mesmo que isso signifique asfixia).
Eles querem :
-- Congelar salários.
-- Cortar subsídios de Natal e de férias.
-- Dar menos apoios sociais, menos deduções de irs sobre medicamentos e despesas de saúde.
( eles estão-se nas tintas para a sua saúde, para os seus problemas, eles querem o seu dinheiro).

Qual será o próximo passo?
Exigir aos Portugueses que trabalhem sem folgas e sem fins-de-semana? Sem férias?
Exigir aos Portugueses que trabalhem 14 h por dia e que dêm 80% do salário ao Estado?

Será que os políticos parasitas também vão ter salários reduzidos, e vão perder subsídio de Natal? ( duvido...)

7 comentários:

Daniel Paixão Fontes disse...

No Brasil isso acontece o tempo todo e o povo não reage, é como no livro 1984. Meu irmão viajou para Portugal uns tempos atrás e me disse que aí o pessoal não aceita estas imposições do governo. Espero que ele esteja certo. O povo ai não está reclamando e se mobilizando para ir contra isso que você denuncia?

Anónimo disse...

quantos e quantos velhos politicos reformados ainda estam no activo, recebem um sálario altassimo e mais a pomposa reforma, só esses canalhas arruinam mesmo a economia do pais.

SENZALAMUNDI disse...

Eu queria saber onde portugal enfiou todo o ouro que tem. Acho um absurdo o país alegar estar quase falido, possuindo uma das maiores reservas do mundo. E também diante dessa riqueza, é difícil entender como Portugal passa tanta dificuldade!

Nuno Cabrita disse...

estado demoniaco??!!para serve o estado?para servir os cidadaos certamente!vou dar exemplo quando o katrina passou nova orleans...o que aconteceu?como era tudo privado o governo norte americano nao tinha meios de socorer todas aquelas pessoas. foi uma vergonha!
mas voltando à realidade portuguesa nao sao precisas forças armadas, hospitais, escolas?so teres uma ideia umas analizes ao sangue custam mais 100€, nos so pagamos 2 € no sns.uma fragata para defesa nao é precisa? são todos bens publicos.o problema é outro, falta na nossa economia em criar riqueza para essa riqueza seja distribuida para os varios bens publicos de forma a servir cidadaos e vivermos melhor.outro problema temos algumas elites, e felizmente não são todas que desrespeitam sistematicamente os cidadaos, ja viste off shores os interesses a não serem bem defendidos,o desperdicio economico pelo facto os assuntos da governação serem completamente postos lado.nos nao precisamos de politicos mas de estadistas no qual saibam identificar os problemas estruturais do pais, para termos melhores salarios mais regalias sociais.
è possivel, façamos

abraço

Anónimo disse...

Não sei se o SENZALAMUNDI está a brincar ou a falar a sério... acho que toda a gente em Portugal sabe que foram vendidas toneladas de ouro ao preço da chuva, pelo génio governador do banco de portugal vítor constâncio ( para não falar das toneladas que os "heróis" da revolução do dia 25 também fizeram questão de utilizar para se auto compensarem pelos riscos que correram...)

O CAVALEIRO DO ASFALTO

R.O disse...

Portugal Vendeu todo o Ouro, para pagar dívidas. O Estado estava demasiado endividado e teve que pagar as dívidas.
mas o Estado, depois vem recuperar esse dinheiro, explorando o Povo com impostos.
E novamente os Políticos esbanjam o dinheiro...

...

Nuno Cabrita,
não sei quem és, nem porque motivo defendes tanto o Governo.

mas o Governo ajuda o povo como??

Eu e mais uns milhões de Portugueses é que ajudamos o Estado, pagando impostos e descontando dinheiro todos os meses para IRS e segurança Social.
sem usufruir de nada.
e quando formos idosos, nem a merda duma reforma o Estado vai ter para nos dar $.
Os políticos andam de BMW com motorista particular, veículos que não pagam gasolina, nem portagens, nem seguro,
eles usam fatos de qualidade e telemóveis topo de gama, com tudo pago, ganham salários bem grandes e acumulam pensões $.
Não fazem nada, só sabem viver á nossa custa $.

Roubaram milhões de euros dos contribuintes e injectaram nos Bancos (esses mesmos Bancos que lucraram milhões).

quem ajuda quem, afinal?

Nuno Cabrita disse...

ola

Gosto vir aqui ao blog trocar umas ideias, acho blog tem alguma informação e a tematica esta bem escolhida.o teu site tambem.Descobri este blog atraves de um amigo meu que normalmente comenta o sergio antunes e as vezes comentamos assuntos teu blog.Tenho alguns conhecimentos de economia.
Sobre questão do estado acho mesmo serve igualizar os cidadãos e tem um poder regulador.
mas tambem concordo contigo em algumas situações o estado abusa da sua posição dominante.dou-te um exemplo, o poder regulador, para economias de mercado os carteis são proibidos,mas o estado não tem força para acabar com carteis, ex as empresas petroliferas, a galp, bp, repsol normalmente concertam preços.
mas estado tambem tem outros vicios, como por exemplo a desigualdade salarial por vezes não justifica, tratando de gerir bens publicos.

abraço

 


Realidade Oculta -