2013 ainda pior

2013 será um ano ainda pior, vão roubar-nos em horas de trabalho e dias de férias.
Reparem, os dias de férias vão contar com fins-de-semana também ( e não apenas os dias úteis como era antigamente, antigamente contavam 22 dias úteis , os fins-de-semana eram dias extra). Por exemplo se tirarmos duas semanas de férias, contabilizavam os 11 dias úteis + fins-de-semana.
Em 2013 já seria diferente, contavam onze dias (fins-de-semana inclusive), assim teríamos menos dias de férias para gozar, não??


LINK AQUI

Horas extra, serão pagas pela metade, do que era até agora.

Se a situação difícil da Grécia e de Portugal continuarem, poderão ser “corridos” para fora da União Europeia. (Paul Krugman)


lINK aqui

[…] «E sair do euro, nesta fase, é um passo extremo que não está em cima da mesa", afirmou, notando contudo que "se nada mais funcionar, sair o do euro torna-se numa opção real".E sair do euro, nesta fase, é um passo extremo que não está em cima da mesa", afirmou, notando contudo que "se nada mais funcionar, sair o do euro torna-se numa opção real » […]

3 comentários:

Nuno Cabrita disse...

ola silvio

so veres alguns países como o japão o tempo de ferias são somente 5 dias uteis. e japão é ou não um país desenvolvido!uma economia de mercado forte e competitiva.
sobre o euro, sair não é um drama como se fala na comunicaçao social. não existia portugal antes da moeda unica?so falam dos prejuizos para a economia e os beneficios?ha coisas que não se falam como a criação de postos de trabalho com saida do euro.aumento da produção industrial, via mais emprego.podiamos exportar mais.e um ponto negativo da saida seria a desvalorização da moeda em 30%.

abraços

Anónimo disse...

http://informacaoincorrecta.blogspot.com/2012/03/es-tu-que-escolhes.html

Anónimo disse...

Sílvio, cala-me esse Nuno Cabrita! Só escreve merda!!! É um carneiro formatado!!!!!!

 


Realidade Oculta -