Negócio dos incêndios












O País está a arder completamente, milhares de hectares ardidos, milhares de animais morrem.
Alguns bombeiros morrem, famílias perderam as casas e uma vida inteira de trabalho, etc.



Os telejornais praticamente não dizem quase nada sobre a realidade dos factos.


Será que são incêndios naturais devido á onda de calor? Será que alguns piromaníacos bêbados ou atrasados mentais atearam fogos?


As coisas não são bem assim.


Existe uma máfia por trás dos incêndios, alguém lucra com o desespero dos outros.


Quando alguns incendiários ateiam fogos criminosamente, alguém está por trás deles, alguém lhes pagou !


Como é que surgem incêndios com várias frentes, com várias zonas diferentes que surgem a arder?
Os bombeiros seguem numa direcção, e surgem fogos na direcção oposta. Será que o fogo é inteligente? Tem consciência própria? Ou existem alguns sacanas no terreno a atear fogos e a fazer manobras de distracção?


Os terrenos ardidos e a madeira dos pinheiros ardida, desvalorizam.
É um bom negócio para quem quiser comprar.


Também os aviões e helicópteros de combate a incêndios são alugados a empresas privadas do sector, isso gera um negócio de milhões.


Alguém lucra com os incêndios, destroem-se florestas, causa-se sofrimento a milhares de pessoas que perdem todos os bens, perdem propriedade, lança-se o pânico, etc. Alguém adora espalhar o caos e lucrar com isso.






Na televisão passa um anúncio governamental, uma campanha contra incêndios , dizendo ás pessoas para não deitarem cigarros no chão nem lançarem foguetes. Isso é uma hipocrisia para se fingirem preocupados. A maioria de incêndios não foram “descuidos”, foram intencionais, incêndios criminosos.


No meio de tudo isso, os verdadeiros heróis são os bombeiros que arriscam as vidas e andam ali no meio do calor, até à exaustão física.


1 comentários:

Anónimo disse...

As empresas de marketing ganham também,pois dão a fazer comerciais anti-incêndio para o governo.E ainda sai tudo do bolso dos portugueses.

 


Realidade Oculta -